Ir direto para menu de acessibilidade.

Fonte Acessibilidade

A- A A+

GTranslate

ptenes

Opções de acessibilidade

Início do conteúdo da página

NEIAM

Publicado: Segunda, 16 de Mai de 2022, 16h34 | Última atualização em Segunda, 16 de Mai de 2022, 16h34 | Acessos: 70

Criado em 2022, o Núcleo de Estudos Inquisitoriais na Amazônia (NEIAM) é organizado pelos professores Geovanni Gomes Cabral e Marcus Vinicius Reis, ambos pertencentes ao Programa de Pós-Graduação em História da Unifesspa. Trata-se de um núcleo financiado pela FAPESPA, via Programa Primeiros Projetos- PPP-FAPESPA/CNPq, a partir da chamada n.002/2021. O núcleo consta com estrutura física para atender docentes e discentes vinculados ao projeto. Além disso, tem por objetivos:

• Publicização da documentação referente à presença do Tribunal do Santo Ofício na Amazônia Colonial, para além da restrita circulação da primeira edição, publicada por Amaral Lapa, ou da documentação digitalizada e manuscrita, que nem sempre é acessível por questões tecnológicas ou de dificuldade na leitura paleográfica;


• Ampliação dos estudos acerca dos impactos da Inquisição na Amazônia Colonial;


• Promoção da Unifesspa como espaço de referência internacional para os estudos referentes à atuação inquisitorial na Amazônia;


• Internacionalização da Faculdade de História da Unifesspa a partir da publicização das fontes, da realização de eventos, do intercâmbio com diversos pesquisadores pertencentes às principais instituições no exterior e que têm pesquisado a temática inquisitorial;


• Organização e consolidação de eventos de caráter nacional e internacional que possam servir de espaço para reflexões acerca da presença inquisitorial na Amazônia Colonial;


• Organização do Núcleo de Estudos Inquisitoriais na Amazônia (NEIAM), com parceria entre diversos pesquisadores e instituições nacionais e internacionais;


• Fomento de pesquisas na categoria de Iniciação Científica;


• Incentivo às pesquisas que possam resultar em monografias cujo tema parta da documentação inquisitorial referente à Amazônia Colonial;

Fim do conteúdo da página